Rio CVB reúne setor do turismo para comemorar 457 anos do Rio de Janeiro

Café da manhã no Cristo Redentor celebrou o aniversário da cidade 

 

Representantes do turismo carioca celebraram, nesta terça-feira (1º), os 457 anos do Rio de Janeiro, no Santuário Cristo Redentor. Organizado pelo Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB), em parceria com o Santuário, o Centro de Visitantes Paineiras e a Fecomércio, o evento começou com um café da manhã musical e foi encerrado com uma missa pelo aniversário da cidade presidida pelo arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, os secretários municipais Bruno Kazuhiro, Marcelo Calero, Eduardo Cavaliere e Anna Laura Secco, além do deputado federal Otavio Leite estiveram presentes nas comemorações.

 

Cerca de 80 autoridades e representantes de hotéis, bares, restaurantes, atrações turísticas e entidades de classe participaram do café da manhã ao som de um quarteto de jazz. O setor comemora a retomada do turismo depois de dois anos de perdas por conta da pandemia.

 

"Temos muito que comemorar neste aniversário da cidade. O turismo começa a sentir os sinais de recuperação depois do forte impacto causado pela pandemia. Vejo aqui no Cristo Redentor turistas nacionais e estrangeiros que estão podendo conhecer o Rio com segurança sanitária, graças a adoção dos protocolos e o avanço da vacinação", afirmou Carlos Werneck, presidente-executivo do Rio CVB.

 

Após o café da manhã, o arcebispo do Rio celebrou a Santa Missa em Ação de Graças pelo aniversário da cidade. "Muitas são as pessoas que vivem nesta cidade e, dia após dia, no anonimato, buscam fazer o bem e promover a paz. Temos uma grande responsabilidade, justamente porque esta cidade nasce como uma cidade de São Sebastião, cuja imagem que Estácio de Sá trouxe ainda se conserva entre nós. O Rio de Janeiro pode e deve ser uma cidade que busca a paz e a igualdade para todos", disse Dom Orani.

 

No fim da cerimônia, um jovem e um idoso entregaram ao prefeito Eduardo Paes alguns símbolos que simbolizam o acolhimento do Rio, e uma imagem de São Sebastião. Em um breve discurso, Paes ressaltou as belezas da cidade, cumprimentou turistas que estavam no monumento e destacou as qualidades do Rio e dos cariocas.

 

"Tem aqueles momentos em que precisamos valorizar as nossas qualidades que não são poucas. Essa é uma cidade gentil, uma cidade acolhedora, uma cidade solidária. Essa é uma cidade que é a segunda economia deste país, que tem uma capacidade produtiva enorme, que tem uma gente capaz de inovar e criar. [...] Acima de tudo os cariocas devem valorizar, honrar e defender a cidade", afirmou Paes.

 

Clique para ver as fotos

Crédito: Daniele Medeiros/Rio Convention Bureau

home.jpg