Rio e SP se unem para manter a liderança em turismo de negócios

Rio e SP se unem para manter a liderança em turismo de negócios

“Cidade Maravilhosa” e “Terra da Garoa”. Duas das maiores cidades brasileiras se unem, dessa vez, para tentar vencer a concorrência de cidades menores no turismo de negócios.

A temática da campanha idealizada pelo Visite São Paulo, primeiro Convention &Visitors Bureau da América Latina, é “Troque o dia pela noite: venha para São Paulo. Troque a noite pelo dia: venha para o Rio”.  Ela será estruturada a partir de julho e lançada antes do próximo verão, conforme Toni Sando, presidente do Visite São Paulo e da Unedestinos, associação de entidades de captação de eventos e promoção de destinos no país.  A campanha tem parceria com o Visit Rio, que também faz parte da Convention & Visitors Bureau, uma organização de instituições que promovem o turismo e a receptividade de uma cidade ou localidade para convenções e visitação de eventos e atrações diversas.

O objetivo é que essas duas cidades se mantenham na liderança de maiores polos de turismo de negócios. “É um mercado muito competitivo, e os patrocínios para eventos corporativos diminuíram. Queremos segurar a realização dos eventos no Brasil e evitar a troca do Rio e São Paulo por cidades menores, que poderiam oferecer custos mais baixos”, diz o presidente da Visite São Paulo.

Uma das estratégias é usar a imagem do Rio como chamariz. A cidade conhecida no mundo todo  pelas suas belezas naturais nunca teve dificuldades em atrair o turista. Porém, o ponto fraco é a atual crise de segurança que permanece no Rio.  A sua imagem fica muito prejudicada. “Como é a vitrine do país, notícias internacionais criam temor generalizado no estrangeiro, como se a cidade toda fosse inviável”, diz Michael Nagy, diretor do Visit Rio. Segundo ele, o deságio é mostrar ao mundo que o Rio está até em boas condições de receber turismo de negócios, por causa das obras de infraestrutura realizadas para a Olimpíada de 2016.

“Para resolver, não basta marketing. É preciso investir em infraestrutura de segurança e até sensibilizar a população para não ficar enganado o turista”, diz Rubens Schwartzmann, presidente do Conselho de Administração da Abracorp (Associação Brasileira de Viagens Corporativas).

Atrações culturais são uma opção para atrair os turistas a ficarem mais tempo em São Paulo, já que costumam ficar só durante o compromisso profissional, em média 3 dias. “Os grandes shows revolucionaram a agenda de eventos corporativos. Congressos são marcados em datas próximas a essas atrações”, afirma Leandra Gallo, gerente do Quality Suits Oscar Freire.

Enfim, muitas ações estão sendo executadas para continuar atraindo o turista para esse eixo, incluindo projetos de melhorar a malha viária e investimentos na rede hoteleria.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Posts Carousel


Translate »