Projetos que integram “Mais Turismo” deve ser votados pela Câmara

Projetos que integram “Mais Turismo” deve ser votados pela Câmara

No dia 21 de fevereiro esperava-se que fossem votados os projetos que compõem o “Mais Turismo”, que muitos acreditam que irá modernizar o turismo brasileiro. Um desses projetos consiste em transformar o Instituto Brasileiro de Turismo, Embratur, em serviço social autônomo, na forma do Sebrae. Atualmente a Embratur é vinculada ao Ministério do Turismo e tem como fonte apenas os recursos da União, com a alteração para agência seria possível realizar convênios e promover ações integradas com outros órgãos governamentais e, até mesmo com a iniciativa privada. Isso contribuiria para que a Embratur tivesse mais agilidade e competitividade. Outro projeto pretende permitir a ampliação da participação de capital estrangeiro nas companhias aéreas, ainda outro visa modernizar a Lei Geral de Turismo. Além desses, há o projeto que tenta permitir a abertura de cassinos em resorts. Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, declarou que a votação dos projetos no plenário será pautada dentro de 15 dias. Mas a votação foi obstruída pela oposição.

 

O presidente da Câmara ainda anunciou o cronograma de votações ) para parlamentares da Comissão de Turismo da Câmara e da Frente Parlamentar de Defesa do Turismo, bem como lideranças que constituem o Conselho Nacional do Turismo (CNTur), além do ministro do Turismo, Marx Beltrão, e o presidente da Embratur, Vinicius Lummertz. Se for aprovada a urgência do PL 2724/2015, não será necessário a apreciação desses projetos pelas comissões.

 

Para Vinicius Lummertz, presidente da Embratur, essa iniciativa da Câmara é algo muito importante para o futuro do mercado de turismo no Brasil, bem como para a economia. Ele afirmou que “Assim como acontece em vários países, o Brasil precisa contar com um turismo forte para gerar empregos e movimentar a economia. Nós podemos alcançar esse protagonismo, assim como ocorreu com o agrobussiness. Há algumas décadas éramos importadores de grãos. Hoje somos o celeiro do mundo. Temos enorme potencial no turismo. Com essas medidas sendo aprovadas, teremos condições de nos tornar uma potência no setor”.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Posts Carousel


Translate »