Líder também no turismo de negócios

Líder também no turismo de negócios

Após amargar um período de baixas, as viagens de negócios em Curitiba voltaram a crescer, e a expectativa é que a cada ano a cidade consolide sua posição como um dos principais destinos do Brasil para o turismo de negócios e eventos. Segundo o Ministério do Turismo, “Turismo de Negócios e Eventos compreende o conjunto de atividades turísticas decorrentes dos encontros de interesse profissional, associativo, institucional, de caráter comercial, promocional, técnico, científico e social.”

A capital paranaense já tem o posto de terceiro destino mais procurado do setor, perdendo apenas para São Paulo e Rio de Janeiro, respectivamente o primeiro e segundo lugares. Em 2016, 157 eventos profissionais e técnico-científicos aconteceram na cidade, atraindo 121 mil turistas. Já em 2017, o número cresceu para 215 eventos e mais de 315 mil turistas, apenas neste segmento, trazendo mais de R$200 milhões para a economia local.

Segundo Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, “a cidade transmite confiança aos realizadores de eventos, pois tem uma boa estrutura, com equipamentos modernos e em diferentes formatos, além de uma oferta completa de serviços. Além disso, diversas rodovias permitem fácil acesso à cidade e o aeroporto é reconhecido pela qualidade. Outro fator determinante para o sucesso de Curitiba é a presença de indústrias, universidades e centros médicos e científicos que são referenciais nacionais e até mesmo mundiais”. Sobre planos futuros, o anseio vai além: “Estamos revisando nossa política de apoio à realização de eventos de negócios. O objetivo é atrair mais eventos, mas também fazer com que o turista tenha uma experiência cada vez melhor”, explicou Tatiana.

“A disponibilidade de centros de eventos e convenções de vários portes e a grande oferta de hospedagem são indicativos deste posicionamento privilegiado da capital paranaense no ranking do turismo internacional no país”, comenta a diretora substituta da Diretoria de Estudos Econômicos e Pesquisas do MTur, Gilce Battistuz. Argentina, Estados Unidos, Paraguai e Alemanha são os principais países emissores para a cidade.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Posts Carousel


Translate »