Entenda como o turismo de negócios fomenta empreendimentos em todo o Brasil (parte 3)

Entenda como o turismo de negócios fomenta empreendimentos em todo o Brasil (parte 3)

Muitos elementos são necessários para montar uma empresa. Estudar o mercado, possuir capital suficiente, conhecer o público-alvo e o tipo de serviço a ser prestado são essenciais para levantar seu negócio. Mas, uma coisa é montar um empreendimento, outra é fazer com ele cresça e prospere. Pensando nisso, último artigo dessa série em três partes terá como objetivo apresentar duas práticas que podem ajudar o pequeno empreendedor a consolidar sua empresa no mercado profissional dentro do segmento do turismo de negócios. Muitos elementos são necessários para montar uma empresa. Estudar o mercado, possuir capital suficiente, conhecer o público-alvo e o tipo de serviço a ser prestado são essenciais para levantar seu negócio. Mas, uma coisa é montar um empreendimento, outra é fazer com ele cresça e prospere. Pensando nisso, último artigo dessa série em três partes terá como objetivo apresentar duas práticas que podem ajudar o pequeno empreendedor a consolidar sua empresa no mercado profissional dentro do segmento do turismo de negócios.
A primeira sugestão é buscar parcerias dentro da iniciativa privada ou até mesmo pública. No que se refere ao setor privado, incentivos financeiros para melhorias na parte de infraestrutura e qualidade de serviço podem ser opções, bem como troca de serviços que favoreçam ambas as partes, focalizando no bom atendimento ao cliente. Na esfera pública, uma alternativa que pode gerar bons resultados é buscar firmar parceria com órgãos públicos tanto na parte turística, como no âmbito que favorece o tipo de evento a ser realizado na localidade.
Em segundo, é importante envolver a comunidade local. Nesse sentido, buscar o apoio da população nas etapas de preparação, duração e pós evento, em atividades que ajudem a valorizar a cultura do lugar. Lembre-se que, na área de turismo, esse é um ponto-chave para atrair a atenção do turista: sentir-se envolvido no ambiente em que está hospedado. Investir na qualificação profissional da população e incentivar a prestação de serviços na área da culinária típica, artesanato e promoção artística, por exemplo pode ser o diferencial de seu negócio, além do fato de que isso ajuda a gerar empregos e a movimentar a economia do lugar. É uma estratégia que, quando bem aplicada, todos têm a oportunidade de sair ganhando.
Se você gostou do assunto e estiver em busca de mais informações, acesse o site do Ministério do Turismo. Lá, é possível encontrar o livreto com orientações básicas para quem deseja conhecer melhor essa área, bem como ficar a par de notícias sobre o ramo e dicas de como investir no turismo.

Fonte: Ministério do Turismo

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Posts Carousel


Translate »