Chegou o verão!

Chegou o verão!

O verão no Hemisfério Sul se aproxima, e traz consigo a temporada de cruzeiros 2018/2019. Segundo expectativas de empresas do setor, a temporada deste ano será maior do que no ano anterior, com o aumento de 13% em número de leitos: 14 cidades do país com escalas, embarques e desembarques de passageiros.

Serão oferecidas 496 mil vagas para os roteiros que terão 585 escalas em alguns dos principais destinos litorâneos do país. Inclusive teremos uma estréia em águas brasileiras: o MSC Seaview, o maior transatlântico que já passou pelo país. Com capacidade para 5179 hóspedes em 2066 cabines, é um dos responsáveis pelo aumento expressivo na oferta de leitos nesta temporada e chegará às águas brasileiras em dezembro.

 

Visto aumenta de 90 para 180 dias

E uma novidade chega para facilitar a vida das pessoas que trabalham em navios. O Decreto Presidencial nº 9.500  aumenta a validade do visto desses profissionais de 90 para 180 dias. A CLIA (Cruise Lines Internacional Association), entidade que representa os navios de cruzeiro, acredita que a medida irá alavancar as atividades do setor no Brasil. “Depois de muitas tratativas, com a interlocução dos ministérios do Turismo e da Casa Civil, esse entrave foi solucionado. Demos um passo muito importante para o aumento da competitividade brasileira frente ao mercado internacional, para trazer mais segurança jurídica e mais investimentos para o Brasil e, consequentemente, atrair mais turistas para o País”, afirmou Marco Ferraz, presidente da CLIA Brasil.

A medida adotada terá um grande peso na economia. Com os vistos mais extensos, automaticamente a temporada fica mais longa, o que aumenta o giro de investimentos dos cruzeiristas, que gasta em média R$ 500 em cada escala, de acordo com um estudo da FGV (Fundação Getúlio Vargas). Mais ainda, caso a duração da estada dos navios fosse encurtada, a economia nacional perderia sete mil empregos e R$ 450 milhões, uma perda de 25% na movimentação econômica e geração de emprego

 

Medida agrada EMBRATUR

O decreto presidencial que aumenta a validade dos vistos agradou a EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo). Segundo Tetê Bezerra, presidente da organização, “Esta medida faz com que os cruzeiros marítimos internacionais possam acontecer na costa brasileira, com atração de turistas para o nosso litoral. Essa é mais uma iniciativa louvável que permite avanços ao setor e contribui com a entrada de divisas para o Brasil”.

A temporada de cruzeiros começa em novembro e termina em abril, com sete navios navegando pela costa brasileira e 29 navios com viagens de longo curso, que passam pelos portos brasileiros.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Posts Carousel


Translate »