A organização por trás do maior carnaval de rua do mundo

A organização por trás do maior carnaval de rua do mundo

O carnaval de rua do Rio de Janeiro é o maior do mundo! Assim, para que esse evento gigantesco se realize é preciso uma organização eficiente. O carnaval carioca de rua possui 456 blocos e 5 milhões de foliões, para organizar tudo isso há o envolvimento de mais de oitenta empresas e aproximadamente 35 mil pessoas.

A partir desses dados, estima-se que 5 milhões de pessoas participem da folia, sendo 950 000 turistas. Em reportagem da Veja Rio, Alex Martins, supervisor da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur) explica que  foi necessário trocar a Avenida Rio Branco pela Presidente Antonio Carlos e pela Presidente Vargas, no Centro. Além disso, segundo o supervisor da Riotur, a organização do evento foi obrigada diminuir a quantidade de saídas no Leblon e em Ipanema. Por isso, ainda segundo Alex Martins, foi indispensável elaborar “uma logística e um modelo de operação completamente diferentes dos adotados nos anos anteriores”.

O mesmo grupo de profissionais especialistas estão envolvidos no carnaval carioca. Desde 2009, esses profissionais buscam aprimorar o funcionamento de cada setor envolvido no evento. Se engana quem pensa que a preparação começa apenas em fevereiro. As equipes iniciam os trabalhos em dezembro, passa pelo mês de janeiro e continua até o domingo após os feriados tratando de todos os pormenores.

Entretanto, ainda que as pessoas envolvidas na organização do carnaval de rua tentem prever acontecimentos, há muitos imprevistos e incidentes que ocorrem durante o evento, por isso a organização recebe críticas. Desse modo, o público também tem o papel de colaborador para fazer com que tudo ocorra da melhor forma no maior carnaval de rua do mundo.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Posts Carousel


Translate »